Bruno de Sousa Chagas, conhecido como Bruno Camaleão, de 25 anos foi assassinado com mais de 10 tiros em Araguaína nesta terça-feira (26). Ele estava em um táxi e seguia em direção ao setor Brasil, mas o veículo foi abordado por quatro homens encapuzados e armados, que estavam em uma caminhonete. Eles ordenaram que o jovem descesse e dispararam contra ele. Chagas é ex-presidiário.

A Polícia Militar informou que o caso aconteceu na rua Jatobá. Os homens que atiraram estavam armados com pistolas e diziam ser de uma facção criminosa, segundo a polícia. Eles também mandaram o taxista sair do carro, mas ele não foi atingido.

Já o ex-presidiário foi atingido na cabeça e nas costas. Após o homicídio, os criminosos fugiram e levaram a chave do táxi. O Samu foi chamado, mas o jovem já estava morto.

A PM informou que o crime pode ter sido um acerto de contas, já que Chagas tinha envolvimento com a criminalidade. Ele também tinha passagens por porte ilegal de arma de fogo. (Com informações do G1)

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.