Nove municípios do Tocantins vão participar das Consultas Públicas para a produção do Plano Estadual de Zoneamento Ecológico-Econômico do Estado. A cidade do Bico escolhida para participar e receber o corpo técnico multidisciplinar da Secretaria de Estado do Planejamento e Orçamento (Seplan) e de outros órgãos que fazem parte da comissão foi Augustinópolis. A reunião ocorrerá no dia 10 de julho.

Após contribuições da sociedade, um documento será encaminhado para votação na Assembleia Legislativa e embasará o projeto de lei do Plano Estadual de Zoneamento Ecológico-Econômico.

O documento vai apontar áreas que ainda podem crescer, suas potencialidades e para que tipo de desenvolvimento econômico devem se voltar. O Zoneamento Ecológico-Econômico (ZEE) determinará ainda investimentos para áreas degradadas, em especial em áreas de mananciais e próximo dos grandes reservatórios. Como funcionam e se dividem os blocos de geração de emprego e renda, atividades que promovem a economia, entre outros.

“Quando aprovado, o ZEE será o grande orientador do planejamento e da gestão do território, permitindo que o Tocantins cresça e se desenvolva de forma mais dinâmica, ordenada e sustentável”, destacou o responsável técnico pelo ZEE na Seplan, Rodrigo Sabino.

Zoneamento Ecológico-Econômico

O Zoneamento Ecológico-Econômico é um instrumento legal que promove o desenvolvimento sustentável de um determinado território, a partir da compatibilização de suas características ambientais e socioeconômicas, considerando potencialidades e vulnerabilidades da região.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.