Marcelo Ribeiro de Araújo foi condenado pelo Tribunal do Júri, da comarca de Araguaína, a 16 anos de prisão pela morte de José Ribeiro da Silva, em 20 de julho de 2017, no município de Nova Olinda. A sentença foi proferida nesta quinta-feira, 28.

Conforme a denúncia apresentada pelo Ministério Público do Estado, Marcelo era inquilino do irmão da vítima e a matou após ela ter solicitado a desocupação do imóvel alugado. O réu deferiu golpes de faca na região abdominal de João e, apesar de ter sido socorrido ainda com vida, não resistiu aos ferimentos.

O Conselho de Sentença condenou o réu pelo crime e acolheu a circunstância qualificadora devido a futilidade do motivo que resultou na morte da vítima.

Ao dosar a pena, o juiz Francisco Vieira Filho, que presidiu o Tribunal do Júri, considerou o fato do réu ser reincidente e definiu a pena em 16 anos, sete meses e 15 dias de reclusão. “O regime inicial de cumprimento de pena será o fechado, tanto em razão da quantidade de pena quanto por causa da hediondez do delito de homicídio qualificado por que o acusado foi condenado”, concluiu o magistrado na sentença.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.