Cerca de 400 alunos da Escola Municipal de Ensino Fundamental José Mendonça Vergolino participam, amanhã (26), da 1ª Gincana Saúde na Escola de Marabá, um programa de extensão desenvolvido por professores e alunos da Universidade Federal do sul e sudeste do Pará (Unifesspa). O projeto,  promovido pela Faculdade de Saúde Coletiva, tem a coordenação da Profa. Dra. Ana Cristina Viana Campos, e conta com a colaboração de outros professores do Instituto de Saúde e Biológicas (IESB).

O objetivo é promover a educação em saúde nas escolas públicas de Marabá, atingindo centenas de crianças e jovens. A experiência de uma gincana da saúde no ambiente escolar é motivada pela necessidade de aproximação dos alunos a temas relevantes da saúde, a exemplo da prevenção e combate às drogas, gravidez na adolescência, prevenção às DSTs, entre outras temáticas como combate ao mosquito Aedes aegypti, promoção da Cultura de Paz, Cidadania e Direitos Humanos, Prevenção das violências e dos acidentes; promoção da segurança alimentar e nutricional e da alimentação saudável e prevenção da obesidade infantil.

Durante todo o dia, serão realizadas diversas atividades com alunos do 3º ao 5º ano da escola, com provas competitivas que abordarão os temas de saúde, permitindo muito aprendizado e acesso à informação. Os alunos serão divididos em equipes e ao final das atividades será feita a contagem dos pontos com premiação das equipes vencedoras.

Provas como Tato e Olfato, “Show do milhão da saúde”, Soletrando da saúde na escola, Forca da saúde na escola e Avaliação da torcida vão garantir a animação da competição e promover o engajamento dos alunos com temas da saúde, fortalecendo o aprendizado e integração social.

A expectativa do projeto é que o contato entre alunos de graduação e escolares seja enriquecedor para ambas as partes, tanto na aproximação entre a universidade e a sociedade, bem como na descoberta de novas relações de amizade, cuidado e parceria para futuros estágios curriculares e campo de atuação profissional. O objetivo geral deste programa de extensão é realizar ações de educação em saúde em seis escolas públicas selecionadas para integrarem a rede de ações do Programa Saúde nas Escolas (PSE) de Marabá, durante um período de dois anos.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.