Quadrilha de fraudadores presos.

O delegado José Anchieta de Menezes, que comanda a operação da Polícia Civil sobre supostas fraudes no concurso da Polícia Militar, disse nesta sexta-feira (22) que o certame continua comprometido, mesmo após a prisão de suspeitos de integrar a quadrilha que organizou o esquema.

Segundo o delegado, a Polícia Civil ainda não identificou todos os beneficiados com as fraudes e a continuidade do processo seletivos poderia levar a posse de candidatos aprovados através das fraudes.

“É um dos riscos da continuidade deste concurso da Polícia Militar do Tocantins. Porque ainda não foi possível se chegar ao dano exato e impedir todos que teriam praticado a fraude. Corre o risco de, caso o concurso continue, pessoas que não foram aprovadas da forma devida entrem na Polícia Militar”, disse o Anchieta.

A PM informou que aguarda ser notificada dos resultados do inquérito para decidir o que fazer e que a responsabilidade pela aplicação das provas é da empresa Assessoria em Organização de Concursos Públicos (AOCP).

A estimativa dos investigadores é que em torno de 100 pessoas tenham feito as provas utilizando algum tipo de ajuda da quadrilha. “Não parece um número absurdo, mas chega a 10% do total de vagas disponíveis no concurso”, explica o delegado Alexandre Pereira.

A Polícia Civil prendeu 13 suspeitos de pertencer a quadrilha durante a operação Aleteia nesta quinta-feira (21). As prisões foram no Piauí e no Maranhão e depois todos foram transferidos para Araguaína.

O suspeito de ser o líder da quadrilha é Antônio Ferreira Lima Sobrinho, conhecido como Antônio Concurseiro. Na casa dele, em Teresina (PI), a polícia encontrou indícios de que ele levava um padrão de vida elevado. Só com a fraude no concurso da PM, a quadrilha pretendia lucrar valores em torno de R$ 50 mil.

Foram presos:

Wylmerson Rubem dos Santos Silva
Mailson de Paiva Vieira
Renner Ferreira Moraes Mendes
Luís Fernando Melo Nascimento
Flaviania Silva Furtado
Jhonata Araújo Cantuario
Antônio Ferreira Lima Sobrinho
Aline Oliveira Santana
Gabriela Oliveira de Santana
Dionatan Soares Belfort
Fernandes da Silva Souza
Abimael Silva Almeida
Hagaer da Silva Lima

(G1)

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.