Por meio da Coligação A Vez dos Tocantinense, o candidato a governador, Vicentinho Alves (PR), disse que a Coligação do governador interino e candidato Mauro Carlesse (PHS) fez, nesta sexta-feira, 22, uma denúncia falsa ao Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins, sobre suposto material apócrifo produzido por sua Coligação.

“Com a denúncia falsa, Carlesse e seus aliados fizeram a Justiça e a Polícia Federal perderem tempo e gastarem recursos públicos à toa.”, diz a Coligação de Vicentinho.

Na denúncia, os governistas alegaram que Vicentinho teria mandado fazer material apócrifo com reprodução de reportagem da revista Isto É desta semana contra Carlesse. A PF, inclusive, foi mobilizada para ir à uma gráfica de Palmas recolher material. A Coligação de Vicentinho declarou que ao chegarem na gráfica, não havia qualquer panfleto sobre o tema.

“Lamentável o governador interino fazer esse tipo de coisa. Nossa coligação sempre agiu dentro da lei, jamais iriámos produzir material ilegal”, disse Marcello Bruno Farinha Neves, da equipe jurídica da candidatura do senador.

“Esse tipo de coisa parece ser receio do candidato adversário de que a população conheça o conteúdo jornalístico publicado pela imprensa”, destacou Neves.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.