Em Araguatins, neste sábado, 17, o candidato ao governo da coligação Tocantins Levado a Sério, Siqueira Campos (PSDB), recebeu manifestações de apoio de populares, representante da classe de artistas e de pescadores. Siqueira participou de caminhada nas principais ruas e avenidas da cidade começando pela praça da rodoviária, onde as pessoas aplaudiram Siqueira Campos e os candidatos a senador Vicentinho Alves e João Ribeiro. O calor da recepção que a população deu a Siqueira Campos emocionou o candidato. “Araguatins é uma terra querida, um dos potenciais econômicos e turísticos do nosso Estado e que passa por dificuldade por falta de estruturação e apoio”, disse Siqueira Campos. Ele elencou os problemas e falou sobre maneiras de revitalizar o município.

“Sou um apaixonado pela região do Bico do Papagaio. Essas pessoas sempre me apoiaram e me dão o carinho que preciso retribuir”, falou Siqueira ao comentar a alegria que as pessoas demonstraram parando seus carros para um aperto de mão e outras que deixaram seus afazeres para acompanhar a caminhada.

Floriana Barbosa, de 51 anos de idade, acompanhou toda a caminhada, que durou cerca de quatro horas. Bastante animada, dona Floriana disse que “Siqueira foi o melhor governador para o Tocantins e principalmente para nós aqui de Araguatins”. “Ele precisa voltar porque só com ele a gente sabe que vai ter médico no hospital e remédio”, declarou. Segundo ela, os parentes da zona rural que buscam atendimento não conseguem se consultar. “Não tem atendimento aqui no hospital porque o governo não ajuda. Mas Siqueira vai mudar isso porque é o único que se preocupa com as pessoas humildes”, disse, emocionada, dona Floriana.

Rai Silva, cantor e compositor de Araguatins, também acompanhou a caminhada e manifestou apoio. Ele disse que a classe artística, com Siqueira, será mais valorizada. “Quero que o Siqueira seja eleito para que a nossa classe de artistas tenha mais condição de desenvolver projetos e ser valorizada”, disse.

Pescadores

Siqueira , Vicentinho Alves e João Ribeiro visitaram a colônia de pescadores Z1 e ouviram do presidente Manoel Benicio as dificuldades que a comunidade enfrenta, como falta de convênio e condições de trabalho digno para o sustento das suas famílias. A caminhada terminou no porto da Praia da Ponta, onde os barqueiros se reuniram para receber Siqueira e deram volta de barco pelo rio Araguaia. (Adriana Borges/Foto: Mara Amélia Castro)

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.