A Polícia Civil procura os três detentos que fugiram por volta das 19 horas da última quinta-feira, 1, da Cadeia Pública de Tocantinópolis. De acordo com informações repassadas pela polícia, os fugitivos teriam quebrado o cadeado da cela e utilizando uma corda produzida artesanalmente com lençóis para pular o muro da unidade prisional.

No momento da fuga, três agentes trabalhavam na unidade, mas só perceberam a movimentação quando o alarme disparou, porém os presos já haviam fugido pelo matagal que fica nos fundos da delegacia.

Fugitivos

Os fugitivos são Ariel de Almeida Camargo, Jaime Barbosa de Souza, cujas idades não foram divulgadas, e Orleans dos Santos Viana, 31 anos. Apenas o detento Jonatan de Jesus Souza, de idade não divulgada, não conseguiu fugir porque teria quebrado os dois pés na fuga. Ele recebeu atendimento médico e já voltou para a prisão.

Ainda segundo a polícia, todos os quatro presos são oriundos da Unidade de Tratamento Penal Barra da Grota (UTPBG), destruída em dezembro do ano passado. Eles foram presos por tráfico de drogas e assalto a cargas de caminhões.

Orleans

Orleans dos Santos Viana já teria fugido no dia 6 de janeiro deste ano com outros seis presos. Na época, a cadeia estava em reforma e ele, juntamente com colegas de cela, serraram as grades com serras artesanais e arrebentaram os cadeados. Na época ele só foi encontrado pela polícia dois meses depois, no Síto Novo do Tocantins. (Weberson Dias – Jornal do Tocantins)

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.