Membros do PSDB e Partidos Aliados viram com estranheza a notícia de que, a pedido de Gaguim, o TRE embargou a pesquisa Serpes encomendada pela Faet. Ninguém entendeu o motivo pelo qual, declarando satisfação com os resultados das últimas pesquisas, o pré-candidato do PMDB pediu a suspensão do levantamento.

Para o pré-candidato a vice-governador, João Oliveira, o pré-candidato Gaguim está por trás da atitude que considera “antidemocrática”. “Por que não querem que o povo saiba a verdade? Nesta história, o PHS é partido de aluguel. Eles entram em todas a mando do governador”, diz.

A senadora Kátia Abreu também criticou. “Eles não comemoravam o tal empate técnico nas pesquisas? E agora? Estão com medo de que?”, disse.

A pesquisa foi encomendada pelo setor produtivo, responsável pela maior parte da arrecadação do Tocantins, que quer saber a verdade sobre a corrida eleitoral para o Governo do Estado.

Em nota publicada na imprensa, a Faet confirmou que os resultados serão divulgados.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.