A Prefeitura de Araguaína e o Governo do Estado firmaram um novo acordo para funcionamento da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) pediátrica do Hospital Municipal Eduardo Medrado. Uma vistoria foi realizada na tarde de ontem, 3, com representantes do Município, Governo do Estado, Ministério Público Estadual (MPE/TO), Instituto Saúde e Cidadania (Isac), Tribunal de Justiça, Associação das Mães que Amam (AMA) e Conselho Municipal da Saúde.

Durante a reunião, foram revisados itens de equipamentos indispensáveis para o funcionando da unidade. O Isac, responsável pela gestão da unidade, apresentou a lista com nomes da equipe de profissionais que atuarão na UTI.

Todos os ajustes de materiais, recursos humanos e algumas adaptações no espaço, em comum acordo entre as partes, devem ser feitos para que metade da unidade, cinco leitos, passe a funcionar no próximo dia 20. Ficou também definido o dia 1º de agosto para funcionamento total da unidade.

Em abril deste ano, a unidade teve suas atividades iniciadas, recebendo duas crianças. Por critério de segurança, os pacientes foram transferidos do próprio hospital. Assim que começar a funcionar definitivamente, a UTI poderá receber crianças de outros locais, através da regulação estadual.

Unidade humanizada

A obra da UTI Pediátrica, executada pela Prefeitura de Araguaína, contou com investimentos na ordem de R$ 440 mil e ficou pronta em outubro do ano passado. A unidade conta com layout moderno, dentro do projeto de humanização da Prefeitura, com base no Ministério da Saúde. Os equipamentos e o corpo técnico para atendimento na unidade são custeados pelo Estado.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.