O deputado estadual e presidente do PSC no Tocantins, Osires Damaso, que recebeu convite de Carlos Amastha (PSB), pré-candidato a governador, para compor chapa em uma das vagas de candidato a senador ao lado de Vicentinho Alves (PR). Mas na semana passada Damaso abriu conversa também com o pré-candidato da Rede, Márlon Reis.

Damaso tem sido aconselhado por aliado a avaliar mais minunciosamente uma composição com Amastha, devido a crescente rejeição do ex-prefeito de Palmas, que tende a aumentar com a aproximação com o MDB e PR, partidos sempre combatidos e achincalhados por Amastha, mas que agora passaram a ser cortejados.

Aliados de Damaso, compreendem que o eleitorado terá dificuldades em entender a aproximação de Amastha com setores políticos que até mês passado, ele fazia duras críticas. Os correligionários de Damaso avaliam que o parlamentar não deve entrar no que eles chamam de “Ninho de Guaxi”.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.