Em fase experimental, o Departamento de Trânsito do Estado (Detran) iniciou a utilização do talonário eletrônico, um aparelho portátil que registra infração de trânsito e realiza consulta sobre veículos e condutores. A tecnologia está sendo testada no município de Salinópolis, no nordeste paraense, dentro da Operação Verão 2018, um trabalho integrado dos órgãos do Sistema de Segurança Pública.

“A utilização do talonário traz rapidez no atendimento ao público, tanto em uma abordagem de fiscalização comum, quanto na autuação, se houver. A agilidade no atendimento contribui também para que não haja grandes congestionamentos em função das abordagens”, informou o coordenador de Operações do Detran, Ivan Feitosa.

Apesar do baixo fluxo de veranistas no primeiro final de semana das férias escolares em Salinópolis, o Detran vem identificando condutas perigosas no trânsito por alguns motoristas. No último sábado (30), as ações realizadas ao longo do dia registraram três infrações por alcoolemia, crime de trânsito por dirigir sob influência de bebida, quando o índice de álcool no sangue é maior que 0,34 miligramas. Também com o licenciamento do veículo em atraso, o motorista foi conduzido para a delegacia e teve sua motocicleta removida, por estar sem placa e com chassi e número de motor adulterado. Foram realizadas cerca de 150 abordagens.

Aprimoramento – neste domingo (1º) houve 20 autuações por licenciamento em atraso. “Esse primeiro final de semana ainda está bem calmo, mas acreditamos que o número de veranistas irá aumentar a partir do segundo final de semana. Com esse fluxo mais baixo estamos aproveitando pra fazer uma análise geral em torno de questões mais técnicas, para aprimorar nosso trabalho e garantir a segurança em todos os finais de semana”, informou Ivan Feitosa.

De acordo com o diretor, em Salinópolis foi registrado o maior número de autuações e prisões provocadas por alcoolemia, por isso as operações de fiscalização nas praias e na PA-444, que dá acesso às praias do Atalaia e Farol Velho, serão intensificadas.

Também foram contabilizadas 20 autuações por licenciamento em atraso e um crime de trânsito por direção sob influência de álcool. (Laís Menezes)

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.