A GF Serviços, do setor de cozinha industrial, esteve reunida com representantes da Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Produção, Seap, e produtores, na semana passada, para tratar sobre a produção rural local. A empresa está fazendo levantamentos e é cogitada para assumir a cozinha do Hospital Municipal de Imperatriz, HMI, e assim realizar a compra de alimentos da agricultura familiar, com prioridade no município.

Agricultores já realizam a venda de seus produtos à Seap, por meio do Programa de Aquisição de Alimentos, PAA, que desenvolve em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Social, Sedes, a distribuição dos alimentos a instituições de caridade, ONG’s, creches, escolas e diretamente para pessoas de baixa renda. São fornecidos centenas de quilos todos os anos, pelo programa.

De acordo com o coordenador do PAA, Dablhit Novais, “a aquisição por parte da empresa, vai alavancar renda e uma compra certa, já que eles não querem comprar nada de fora, até por uma questão de custo operacional. Eles irão comprar direto dos produtores, e a prefeitura, através da Seap, vai somente intermediar esse contato entre eles e a empresa”, explicou.

Caso a GF preste serviço ao Município, os alimentos fornecidos serão leguminosas, verduras, hortifrutis, folhagens e frutas, tais como macaxeira, abóbora, alface, tomate, vinagreira, banana, melancia, entre outros. E serão fornecidas cerca de 2.600 a 3 mil refeições por dia, aos funcionários e pacientes.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.