Após investigação da Polícia Civil do Estado do Maranhão, por meio da Delegacia de Homicídios de Imperatriz, foram identificados os suspeitos pela morte do ex-militar do BIS, Cláudio Moreira de Morares, 33 anos.

Os mandados de prisão temporários foram cumpridos durante o fim de semana. Trata-se de Adriano dos Santos Sales, que de acordo com a investigação seria o intermediador, e Luís Pereira da Silva, autor dos disparos que tirou a vida de Cláudio.

Ele foi morto a tiros dentro de sua residência, localizada no bairro Vilinha, em 20 de junho. Os suspeitos chegaram, entraram à residência da vítima, que ainda correu, mas foi alvejada dentro do quarto e morreu em cima da cama.

Em seguida, a dupla fugiu com a moto de Cláudio. Mas o veículo foi abandonado dias depois. Após o cumprimento da medida, os investigados foram ouvidos e encaminhados à Unidade Prisional de Ressocialização de Imperatriz, onde ficarão a disposição da Justiça. (iMirante)

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.