Rodoviários de Marabá, na região de Carajás, no estado do Pará, fizeram uma manifestação no início da manhã desta terça-feira, 17. Segundo o sindicato da categoria, os trabalhadores estão com salários, vale alimentação e férias atrasados. O sindicato informou que, após o protesto, a empresa não liberou os veículos da garagem e cerca de 50 mil pessoas ficaram sem transporte público. A empresa, no entanto, disse que aguarda a categoria para normalizar a situação.

Muitas pessoas tiveram que conseguir caronas ou pagar táxis e mototáxis já que os ônibus não estavam circulando. As paradas na cidade ficaram lotadas.

O presidente do sindicato da categoria, Geraldo Leão, disse que os trabalhadores tinham decidido notificar a empresa para que fosse feito o pagamento dos atrasos e que fariam a manifestação das 5h às 8h. “Depois da manifestação, o pessoal se posicionou para trabalhar, mas o portão foi fechado porque a empresa disse que os ônibus não iam rodar hoje”, disse.

Em Marabá, há somente duas empresas de transporte público que funcionam na mesma garagem. Um representante de ambas informou que os salários dos funcionários já estão sendo pagos e que os ônibus devem voltar a circular ainda nesta terça.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.