Um pedaço do Pará conhecido pela beleza das praias, cultura e sabores típicos únicos. É nesse cenário que ocorrerá a 5ª edição do festival Comidinha de Praia, entre os dias 6 e 8 de julho, na Praça Matriz de Salinópolis, sempre a partir das 16h. A iniciativa é da Rede de Desenvolvimento Sustentável e Turística da Amazônia Atlântica (Redestur) e tem o objetivo de apresentar todo o potencial turístico do polo Amazônia Atlântica, localizado no nordeste paraense, conhecida como região do Caeté e Salgado, e que corresponde a faixa do litoral atlântico do Estado. O patrocínio é do Banpará, Sebrae, Tijuca e Secretaria de Estado de Turismo (Setur).

O festival foi criado em 2013 com a intenção de incentivar o turismo local fora do período de alta temporada. O Comidinha de Praia tem formato de festival gastronômico e busca estimular a profissionalização dos empresários e negócios da região. “A Redestur é uma associação sem fins lucrativos organizada por empresários com o objetivo de fomentar o turismo, auxiliar estratégias nesse sentido e criar eventos, desenvolvendo a Amazônia Atlântica”, afirma o presidente da Redestur, Geraldo Ramos Barros.

São 20 restaurantes concorrendo com pratos exclusivos, criados para o festival. A regra é que as receitas sejam novas e usem ingredientes regionais. Vendidos a preços acessíveis, entre 5 e 15 reais, os pratos criados para o festival irão competir nas categorias Petiscos e Entradas, Prato Principal, Caldos e Sopas, Salgados e Lanches e Doces e Sobremesas.

Além da degustação, o evento conta com uma agenda cultural agitada. Jeff Moraes, Liège, Félix Robatto, Dany Batista, Bruno Benitez e Silvinha Tavares são as atrações convidadas. A música local será representada todos os dia por um grupo de carimbó da região, O Popular.

As duas primeiras edições do evento, em 2013 e 2014, levaram 15 mil pessoas ao município, gerando um faturamento em torno de 30 mil reais em cada edição. Sua relevância o torna hoje um dos principais projetos de referência empresarial do Sebrae/PA e Polo Amazônia Atlântica

Desde a sua criação, o evento faz parte do calendário turístico do Pará e da Amazônia. É um mix de gastronomia, música e praia. Um convite aos que apreciam belezas naturais da Amazônia, a cultura e a boa mesa, com a participação dos principais restaurantes da cidade, em um festival aberto regado às “comidinhas de praia”. A infraestrutura envolve quiosques dos restaurantes, equipados e decorados, palco central e feira com produção dos artesãos do município de Salinópolis.

Em sua quinta edição, o Comidinha de Praia 2018 traz um maior envolvimento dos artistas e produtores da região de Salinas. Esse ano haverá espaço para Feira do Artesanato e do produtor que contará com produtos regionais com excelência em sua produção. “O produtor local pode vender um produto excelente. A fazenda Bacuri tem produtos orgânicos com certificado e somos agricultura familiar”, afirma Hortência Oshaqui, dona da Fazenda Bacuri, que investe na biodiversidade amazônica, no manejo e turismo sustentável com foco em produtos orgânicos.

Confira os Pratos concorrentes e programação completa do festival

• Programação

6/07 (Sexta-feira)
17h às 00h – Festival Comidinha de Praia
17h – Abertura do festival com o grupo de carimbó O Popular
16h às 22h – Feira do produtor
16h às 22h – Feira do artesanato
18h – Tour degustação das “comidinhas”, seus chefes e restaurantes.
21h – Voz e Violão com Dany Batista
22h às 00h – Show de Félix Roberto e banda.

7/07 (Sábado)
16h às 00h – Festival Comidinha de Praia
16h às 22h – Feira do produtor
16h às 22h – Feira do artesanato
18h – Show do grupo de carimbó O Popular
21h – Voz e Violão com Silvinha Tavares
22h às 00h – Show de Bruno Benitez

8/07 (Domingo)
16h às 00h – Festival Comidinha de Praia
16h às 22h – Feira do produtor
16h às 22h – Feira do artesanato
18h – Show do grupo de carimbó O Popular
20h – Premiação das categorias
21h – Voz e Violão com Liège
22h às 00h – Show de Jeff Moraes e banda.
00h – Encerramento do festival

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.