A Polícia Civil, em conjunto com a com Ministério Público Estadual, deflagrou, nesta quinta-feira (26) a 9ª fase da operação Perfuga denominada “Carros Fastamas” que visa o cumprimento de uma prisão preventiva, e três prisões temporárias, além de nove mandados de busca e apreensões em órgãos públicos, empresas e residências.

As investigações apontam para um quadro de corrupção sistêmica em que empresas ligadas a um empresário e seus familiares, eram beneficiadas em licitações direcionadas e superfaturadas, mediante pagamento de diárias de veículos locados, sem que efetivamente os carros tenham sido locados.

A operação foi batizada como “Carros Fantastamas” devido supostos pagamentos de diárias por veículos que nunca foram utilizados pela Câmara Municipal de Santarém. A operação ainda está em andamento.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.