Um avião de pequeno porte caiu na tarde desta sexta-feira (27) próximo à comunidade de Barra Mansa, em São Felix do Xingu, sudeste do Pará, de acordo com a Polícia Civil. Cinco pessoas estavam na aeronave. Três pessoas morreram no acidente, entre elas o copiloto. Os sobreviventes são o empresário Robson Alves Cintra e o piloto Cristiano Rocha dos Reis. Segundo o Corpo de Bombeiros, algumas vítimas são da mesma família.

O avião teria partido do aeroporto de Ourilândia do Norte, cerca de 900 quilômetros da capital Belém, por volta das 13h30h desta sexta. Em pane durante o voo, o piloto teria realizado um pouso de emergência e a aeronave pegou fogo. Uma equipe da Policia Civil foi enviada para o local.

Segundo informações do parente de um garoto de 10 anos que morreu, os sobreviventes estão conscientes, apenas com queimaduras no corpo. Robson está com a maior parte do corpo queimada enquanto Cristiano tem as principais queimaduras nas extremidades do corpo.

Robson foi levado para o Hospital Nazaré e Cristiano (filho do copiloto que morreu) para o Hospital Sta Lúcia, ambos no município de Tucumã. Os dois vão ser transferidos para um centro médico especializado em queimados, em Goiânia (GO), que é o mais próximo da região onde o avião caiu.

As vítimas que morreram no acidente são Victor Gabriel Tomaz, de 10 anos, Evandro Geraldo Rocha Reis, de 73 anos (copiloto), e José Gonçalves de Oliveira, de 72 anos.

No momento da queda, uma equipe de resgate partiu de Ourilândia para o local do acidente, em São Félix, para a remoção dos mortos.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.