210513crianca_assassinada_dentro_da_escola_a_melo_51O que seria um simples desentendimento entre colegas de turma terminou em tragédia na tarde desta quarta-feira, 19, em Belém. Um adolescente de 15 anos assassinou o colega a facadas na Escola Municipal Rotary, localizada na rua Lauro Malcher, no bairro da Cremação, depois de uma briga em função de um livro rasgado. A vítima tinha apenas 13 anos. Tudo aconteceu no horário do recreio, sob os olhares perplexos de dezenas de crianças e jovens.

O fato aconteceu por volta das 13h30. Segundo a professora da instituição, Débora Campos, os dois meninos teriam discutido ontem e, durante o desentendimento, o garoto de 13 anos teria rasgado o livro do outro. O colega ficou furioso e teria prometido se vingar. Já na manhã de hoje, o garoto de 15 anos compareceu à escola armado com uma faca de cozinha e esperou até o horário do intervalo entre as aulas para surpreender o colega, desferindo-lhe dois golpes: um nas costas e outro na região do coração.

Professores conduziram a vítima até o PSM do Guamá, mas o garoto não resistiu. “Trabalho aqui há quatro anos e nunca vi uma cena tão cruel”, comentou a diretora. Após o ato, o agressor tentou fugir, mas foi detido pelo vigilante da escola. Ele foi levado à Data (Divisão de Atendimento ao Adolescente), na companhia da direção e seus familiares. Lá, ele foi ouvido pela delegada Ana Célia Pastana e amanhã presta depoimento ao promotor da Divisão. Segundo Débora, o menino apresentava boa conduta e era um aluno esforçado. Os dois cursavam a 6ª série do Ensino Médio, 7º período do Ensino Fundamental.

Tristeza

“Ele sempre foi um bom menino, nunca brigou na escola e nem em nenhum outro lugar. Ele não teve nem chance de se defender”, lamentou, ainda muito abalada, a mãe da vítima, Andrea Rocha, que recebeu a reportagem do DIÁRIO em sua residência, também no bairro da Cremação. Segundo Andrea, seu filho já chegou morto no PSM.

Nos corredores da escola, o clima era de tristeza e, ao mesmo tempo, surpresa diante da crueldade do ato. Djavan Lemos, de 16 anos, lembrou a última vez em que viu o amigo. “Ele estava sangrando muito, ajudei a carregá-lo para dentro do carro do professor de Educação Física, para que ele fosse levado até o hospital”, disse.

As aulas na Escola Municipal Rotary ficarão suspensas até a próxima segunda-feira, 24.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.