201953194613fabio_e_manoelDois assaltantes foram presos pela equipe da Superintendência Regional do Baixo-Tocantins, em Abaetetuba, nordeste paraense. Fábio Barbosa de Sousa, 27 anos, de apelido “Cara Ralada”, morador no bairro do Barreiro, em Belém, e Manoel de Vilhena de Sousa, 25, conhecido por  “Diabinho”, residente no bairro da Angélica, em Abaetetuba, foram presos em flagrante após cometerem um roubo no município. O crime aconteceu depois que os dois, juntamente com outro comparsa, Emerson Ferreira Margalho, 27, assaltaram um grupo de pessoas em frente a um bar. Durante o crime, Emerson estava armado com um revólver calibre 22, enquanto Fábio portava um revólver calibre 38. Das vítimas, telefones celulares foram roubados. Os criminosos saíram em fuga em uma moto tipo Honda Titan alugada.

A equipe policial iniciou as investigações sobre o crime e chegou ao paradeiro de Manoel e Fábio. O outro envolvido no crime, Emerson, foi indiciado pelo roubo qualificado. Ele mora no bairro da Angélica, em Abaetetuba. Na terça-feira passada, Emerson foi localizado pela equipe policial de Abaetetuba e conduzido à sede da unidade policial para prestar depoimento. Ele confessou à delegada Andrezza Franco, titular da Superintendência Regional do Baixo-Tocantins, que teve participação nos assaltos. Disse ainda que já responde na Justiça processos por roubo e receptação dolosa. Manoel e Fábio são suspeitos de fazer parte de quadrilhas de “saidinhas” de banco que atuam na cidade, o que ainda é investigado.

Segundo as investigações, os três acusados teriam assaltado uma churrascaria de nome “Ver o Trevo”, de onde roubaram celulares, dinheiro e objetos pessoais do proprietário e de clientes. A equipe policial, coordenada pela delegada Andrezza Franco, apurou que Fábio Barbosa de Sousa  estás envolvido no assalto que vitimou o dono de uma embarcação. O crime ocorreu na residência da vítima. Do local, R$ 7 mil em dinheiro, seis celulares e jóias foram roubados. Ele teria envolvimento com o assaltante conhecido por “Maicon”, que é moto-taxista. Durante as investigações, objetos roubados já foram recuperados em poder dos bandidos e devolvidos às vítimas. As investigações realizadas, avalia a delegada, mostram que os presos estão envolvidos em uma série de assaltos na cidade. (Diário Online com informaçõs Polícia Civil)

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.