As obras do Distrito Industrial de Imperatriz, em execução pela Secretaria de Estado de Indústria e Comércio (Sinc), entraram na reta final. Já foram concluídos os serviços de limpeza, drenagem, terraplanagem, pavimentação asfáltica de ruas e a instalação de rede de distribuição de energia elétrica e iluminação pública.

No momento, estão em execução os serviços de pintura e sinalização e outros, que devem ser concluídos nos próximos dois meses. O Distrito de Imperatriz possui uma área de 164 hectares e está localizado na margem esquerda da rodovia BR-010, no sentido povoado Lagoa Verde.

Na semana passada o secretário de Indústria e Comércio, Maurício Macedo, visitou as obras do distrito, acompanhado do prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira; do presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Francisco Almeida; do diretor da Associação Comercial e Industrial de Imperatriz (ACII); e do superintendente de Política e Infraestrutura Industriais, Deusdedith Soares Evangelista.

Durante visita a Imperatriz, Maurício Macedo entregou a empresários documentos que autorizam a instalação no local de três empresas que adquiriram lotes e o direito de operar no distrito industrial. “O Distrito Industrial de Imperatriz ficará pronto muito em breve. As empresas que nele queiram se instalar terão um espaço com infraestrutura adequada e serviços básicos, enfim, condições necessárias para operar”, afirmou o secretário.

O diretor do grupo Renosa, Nilson Tagliari, que acompanhar a visita de Maurício Macedo ao distrito de Imperatriz, revelou o interesse instalar uma fábrica e de bebidas no município.

O projeto de recuperação do distrito, iniciado há alguns anos e depois paralisado, foi retomado pela Sinc em janeiro deste ano. A recuperação ocorre em duas etapas. Na primeira, realizada de janeiro a abril deste ano, foram implantadas as redes de alta tensão e de iluminação pública – totalizando 2.400 metros de rede elétrica.

A segunda etapa consiste na recuperação do sistema viário (pavimentação de ruas e de avenidas), drenagem e distribuição de água. Ao todo foram realizados 3,8 quilômetros de asfalto. Iniciadas em maio, as obras desta etapa custaram cerca de R$ 3,04 milhões.

Para o presidente da Associação Comercial e Industrial de Imperatriz, Gilson Kyt, a implantação do Distrito Industrial sempre foi uma reivindicação da classe empresarial de Imperatriz.

De acordo com o superintendente de Política e Infraestrutura da Sinc, Deusdedith Evangelista, o Distrito Industrial de Imperatriz está sendo dotado com toda infraestrutura necessária como ruas e avenidas pavimentadas, rede elétrica e distribuição de água. “O projeto estava parado há 20 anos e chega no momento certo para contribuir com o desenvolvimento industrial do município”, disse o superintendente.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.