Os professores da rede pública de ensino municipal de Praia Norte ainda estão em greve, por tempo indeterminado, desde a última segunda-feira, 2. São 120 professores que paralisaram as atividades nas 13 escolas municipais, deixando 1.400 alunos sem aulas. A greve, que já chega ao sexto dia, afetou o início do segundo semestre de aulas das escolas municipais.

Os funcionários reivindicam a implantação do Plano de Cargos Carreiras e Salários (PCCS) da Educação, que entrou em vigor no primeiro dia deste ano, e que ainda não teria sido repassado pela Prefeitura os vales-transporte para os servidores lotados na zona rural e melhorias nas salas de aula e material didático dos professores. (Weberson Dias – Jornal do Tocantins)

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.