Em Araguaína na manhã desta quinta-feira, 19, Siqueira Campos, candidato a governador, caminhou pela avenida Cônego João Lima, principal do comércio local, seguido por milhares de pessoas, que tomaram os dois lados da avenida durante todo o trajeto  – da Câmara Municipal à Praça da Bandeira. Taxistas e mototaxistas também se somaram ao grupo, seguindo Siqueira com um buzinaço, enquanto o candidato cumprimentava comerciantes, comerciários e populares.

Em conversa com a população, Siqueira Campos lembrou que fez de Araguaína uma referência em saúde para o Estado, mas disse que esse projeto não foi levado à frente pelos seus sucessores no governo. Com isso, a população cresceu, enquanto os serviços ficaram estagnados, segundo disse. “Mas vou transformar Araguaína novamente em um complexo de saúde”, afirmou Siqueira Campos.

Seguindo Siqueira, a moradora Solange Aquino Mourão, de 25 anos, que nasceu em Araguaína, declarou que vota no candidato porque ele “é o único que sabe o que a gente precisa, principalmente na saúde, e aqui em Araguaína a gente tem muita dificuldade em conseguir atendimento médico”, disse Solange.  Domingas de Silva, que mudou de Balsas (MA) para Araguaína há dois anos falou que já conhece a história de Siqueira. “Já sei que ele é o melhor e é por isso que eu vou votar nele”, declarou.

O candidato iniciou sua agenda do dia em uma reunião com a diretoria e funcionários da empresa Concrenorte, seguindo depois para um encontro similar na Mundo dos Ferros, antes de iniciar a caminhada – sempre acompanhado do candidato a vice-governador, João Oliveira, e dos concorrentes ao Senado, João Ribeiro e Vicentinho Alves.

Ainda ontem, Siqueira Campos cumpre agenda de campanha nas cidades de Arapoema e Nova Olinda. À noite, retorna a Araguaína para uma reunião com os moradores, às 20h.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.