Aproximadamente 250 veículos, entre carros e motos, superlotam o pátio da quarta Ciretran em Balsas. Muito dos veículos estão no local há mais de cinco anos, e o índice de proprietários que retiram os carros e motos é pequeno.

A falta da carteira de habilitação e o licenciamento atrasado estão entre as infrações mais cometidas pelos motoristas de Balsas, nesses casos o veículo tem que ser apreendido.

De acordo com o Código Brasileiro de Trânsito, os veículos apreendidos, independente, do motivo, se não forem retirados em um prazo de 90 dias devem ser leiloados. Mas em Balsas não há previsão para a realização de leilão.

Na Delegacia Regional, a situação não é muito diferente. Atualmente, cerca de 100 motos aguardam a liberação da Justiça no pátio da delegacia. Segundo o delegado regional, Eduardo Galvão, a maioria dos veículos é resultado de furto, roubo ou acidentes. (Imirante.com).

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.