Em São Luís, 234 estabelecimentos foram notificados por irregularidades nos itens de segurança e proteção contra incêndio e pânico, segundo o Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBM-MA). As notificações foram feitas durante vistorias realizadas no mês de julho ao longo da Avenida Litorânea, na Praia de São Marcos e no Ponta d’Areia. A informação foi publicada no jornal “O Estado do Maranhão”.

Do total, 158 notificações foram para edificações comerciais; 28 para locais de aglomeração de público como clubes, por exemplo; 12 foram em postos de combustíveis e locais de revenda de gás de cozinha; quatro foram em edificações escolares; 14 em locais onde são realizados eventos temporários; duas foram em unidades de saúde; três em edificações industriais, 12 em condomínios; além de um hotel da capital marnahense.

Segundo os Bombeiros, as principais irregularidades encontradas foram problemas nas coberturas; nas instalações de gás de cozinha; nos extintores de incêndio; nas instalações elétricas e em outras dependências.

Nos locais onde foram encontradas irregularidades, foi dado um prazo com variação de 30 a 120 dias, a depender da irregularidade, para que as pendências fossem sanadas. Também foram expedidas oito multas para os espaços com irregularidades graves ou problema reincidente. As multas variavam de R$ 118,00 a R$ 1.180,00.

Segundo o jornal, as vistorias realizadas pelo Corpo de Bombeiros estão baseadas no Código Estadual de Segurança contra Incêndio e Pânico, previsto na Lei 6.546 de 29/12/1995. (G1 MA).

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.