reassentamentoMoradores do reassentamento São Francisco, a cerca de 45 km de Palmas, estão assustados com a violência. Na noite desta quarta-feira (6), crianças e um casal foram rendidos por uma quadrilha. Quatro homens armados invadiram a casa e amarram as vítimas. Eles levaram dinheiro e um aparelho de televisão de 40 polegadas.

“Cerveja que nada, isso é um assalto. Já foram metendo o revólver em mim. Um colocou a arma no ouvido, o outro na costela e me levaram para dentro [da casa]. Nós queremos dinheiro. Chamamos a polícia três vezes, os vizinhos também, mas infelizmente não chegou ninguém”, relatou uma das vítimas.

O reassentamento fica entre dois municípios, Porto Nacional e Monte do Carmo. Lá moram 50 famílias. O local era considerado tranquilo, mas os moradores estão com medo porque este não foi o primeiro caso de violência registrado no local este ano.”Eles [a polícia] atendem o dia que querem, como querem e do jeito que querem. Isso deixa a população triste”, reclamou o chacareiro Omar Oster.

No final do mês passado, um casal de idosos foi encontrado morto em um canavial, no reassentamento. Os dois foram assassinados a pauladas. O caso continua sendo um mistério para a polícia. Na chácara, onde vivia o casal, não mora mais ninguém, os vizinhos estão cuidando do gado, que pertencia às vítimas.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), a polícia já identificou o suspeito de assassinar os idosos no reassentamento e que o inquérito tem até o final deste mês para ser finalizado. A delegacia está ouvindo as testemunhas para colher mais informações e provas. (G1 TO. Foto: Reprodução/TV Anhanguera).

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.