O tiro que atingiu e matou o cabo Tiago Rafael Carneiro de França em junho deste ano saiu da pistola de um tenente que estava com ele de plantão, apontou o laudo do crime divulgado pelo Exército.

O jovem de 21 anos morreu após sofrer um tiro no peito dentro do quartel do 23° Batalhão Logístico de Selva de Marabá, no sudeste do estado.

As informações do laudo do Centro de Perícias Cientificas Renato Chaves revelam que o tenente estava com Tiago no momento do disparo. Segundo o Exército, o inquérito militar que apura o que aconteceu no dia do crime ainda está em andamento.(G1 PA).

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.