Um incêndio destruiu uma casa e plantações numa comunidade quilombola, localizada na Ilha de São Vicente, às margens do rio Araguaia, a 10 km do centro de Araguatins, no Bico do Papagaio. O fogo começou por volta das 13h deste domingo, 26, e foi controlado por pessoas que vivem no local. Os Bombeiros informaram que não foram chamados.

O trabalhador rural Pedro Barros contou que a casa da filha ficou completamente destruída. “O teto é de palha e foi atingido por faíscas. Queimou tudo, tudo mesmo, não sobrou nem panela de alumínio”, disse.

Ele estava na cidade de Araguatins quando o fogo começou. A dona da casa é estudante e também não estava no local. Quem percebeu o incêndio foi um vizinho. Ele tentou apagar as chamas usando baldes de água, mas não foram suficientes.

“Meu vizinho me ligou e quando cheguei, as labaredas estavam muito fortes. Tentamos jogar mais água, mas não teve jeito”, contou Pedro.

Plantações de laranja, jaca e abacate ficam destruídas. Os moradores não sabem como o incêndio começou.

Os meses de agosto e setembro registram a maior quantidade de focos de incêndio. O tempo seco e a baixa umidade facilitam a propagação das chamas. Segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), de janeiro até este sábado (25), foram 3.922 focos. (G1)

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.