Em entrevista concedida nesta quinta-feira, 9, o deputado estadual Rocha Miranda (PHS), confirmou ao webjornal Folha do Bico, que não disputará a reeleição.

Rocha disse que a insegurança jurídica em torno da sua candidatura existe, e esse seria o motivo da desistência. “Fui prefeito de Araguatins por 8 anos. Nesse período fizemos muito. Foram casas, asfalto, vicinais, escolas, melhoras na Saúde e Educação. Nunca existiu um pacote de obras tão grande na história da cidade. Por conta disso, houveram casos onde o processo burocrático deixou a desejar e hoje pagamos um preço por conta disso. As exigências burocráticas são muito grandes e acabam impedido de um gestor fazer mais, e, quando faz, pode acabar cometendo erros”, disse o parlamentar.

Rocha Miranda comentou ainda estar com a consciência tranquila e certo que diante das dificuldade financeiras do país e instabilidade política do estado, fez um bom mandato. “Nesses 4 anos, conquistamos muitas coisas para Araguatins e os demais municípios do Bico. Infelizmente a maior dificuldade que tive, foi das próprias pessoas que ajudei a eleger. O governador cassado Marcelo Miranda não deu a atenção devida, principalmente nas liberações dessas emendas que beneficiariam a cidade de Araguatins e outros municípios da região”, afirmou o parlamentar.

Sobre o legado de seu mandato como deputado estadual, Rocha destacou suas conquistas. “Mesmo sem apoio, ainda conseguiu a aprovação da criação do 9º Batalhão da Polícia Militar, do Colégio Militar e a estadualização do Hospital Municipal. Os dois primeiros já não são mais sonhos ou projetos, são realizações e conquistas nossa para a população de Araguatins. Já sobre a estadualização do hospital, encaminhamos o processo e estamos acompanhando de perto e vou fazer isso até o final no meu mandato. Acredito que já em 2019 será concretizado”, comentou Rocha.

“No mais, quero agradecer aos amigos e companheiros que ficaram os últimos dias preocupados com essa decisão e como se desenrolaria. Quero disse ais araguatinenses e biquenses que não saio da vida pública, ainda temos muito que fazer por Araguatins. Agora vamos cuidar das questões jurídicas e discutir com a população o que fazer em 2020. Sinto muita recepção das pessoas quando a nossa gestão de prefeito e somos cobrados a retornar. Vamos debater e conversar sobre isso daqui para frente”, finalizou Rocha Miranda.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.