Equipe da Superintendência Municipal de Proteção e Defesa Civil começou o processo de monitoramento e mapeamento dos riachos que cortam a cidade. Objetivo é produzir laudo técnico sobre os problemas encontrados e apresentar ao prefeito Assis Ramos, secretarias e órgãos responsáveis pela desobstrução e limpeza dos córregos. Ação acontece antes do período de chuvas para garantir segurança à população.

“Prevendo a chegada do inverno, iniciamos nossos trabalhos antecipadamente, visualizando, fotografando e mapeando bocas de lobos entupidas, obstrução e o descarte de lixo que são jogados nesses córregos que, infelizmente, contribuem para alagamento e o transbordamento em época de chuvas. O inverno pode até ser rigoroso, mas em condições normais estaremos prevenidos”, destaca o superintendente da Defesa Civil, Josiano Galvão.

O engenheiro da Defesa Civil, Felipe Jorge, enfatiza que, durante o monitoramento, a população é orientada a não jogar lixo e entulhos sobre os leitos dos riachos. “Após a conclusão do estudo, os órgãos competentes darão inicio aos trabalhos de limpeza, que facilitará o escoamento d’água durante as chuvas, além de minimizar os problemas de alagamentos de casas e ruas durante o inverno rigoroso que atinge a região, com bocas de lixo entupidas, entre outros problemas”, ressalta.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.