Imagens feitas por moradores mostram a ação de criminosos que roubaram a agência bancária do Bradesco em Jacundá, na região de Carajás, no estado do Pará. O crime aconteceu por volta de 21h30 de terça-feira (14) e assustou a população pela ousadia dos bandidos, que tomaram uma viatura e fizeram policiais militares reféns.

A quadrilha chegou em duas caminhonetes e conseguiu tomar a viatura do batalhão de policiamento rodoviário, fazendo três policiais reféns. Segundo a polícia, eles teriam conseguido explodir o cofre do banco, mas ainda não se sabe a quantia que o grupo teria conseguido roubar do local. Os caixas eletrônicos foram deixados intactos.

Durante a fuga, um dos reféns chegou a ser amarrada no capô de uma das caminhonete usada pela quadrilha, que saiu da cidade disparando diversos tiros. Apesar da violência do grupo, todos os militares foram liberados sem ferimentos em uma estrada vicinal do município.

Pouco tempo depois, a viatura que foi tomada pela quadrilha também foi encontrada abandonada, com diversas marcas de bala no motor.

De acordo com a polícia, eles teriam tentado fugir para Marabá, que fica a 115 km de distância de Jacundá, mas não conseguiram pois a polícia fez uma barreira na ponte que dá acesso ao município. Policiais militares de Tucuruí e Marabá foram enviados para reforçar a perseguição aos assaltantes e fazer um cerco na região.

Em nota, o Bradesco informou que está avaliando os danos causados e que os clientes da cidade podem fazer suas transações nas unidades do Bradesco Expresso, correspondente bancário que oferece atendimento em estabelecimentos comerciais em horário diferenciado.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected]ail.com que iremos analisar.