Thaís Rodrigues

O Delegado Titular da 21ª Seccional de Polícia Civil de Marabá, Vinicius Cardoso, esteve pessoalmente na cidade de Imperatriz-MA, onde sua equipe prendeu o soldado da Polícia militar, Felipe Freire Sampaio Gouveia, acusado de ser o assassino de Ederson Costa, professor do Instituto Federal de Educação Ciências e Tecnologia do Pará (IFPA), na madrugada do dia 4 de agosto, em frente ao Sesi de Marabá, covardemente e por motivo fútil.

Na mesma diligência, os policiais civis tentaram prender a esposa do assassino, Thaís Santos Rodrigues, cúmplice de Gouveia, mas ela conseguiu escapar do cerco policial.

Segundo o delegado Vinícius Cardoso, Thaís está sendo procurada também em Marabá e em outras cidades e estados. Thaís está sendo vista como a principal incentivadora da morte do professor. O delegado Vinícius Cardoso solicita apoio da sociedade para indicar o esconderijo da fria Thaís Rodrigues, pois o crime bárbaro de Ederson Costa chocou o Brasil.

Ederson Costa, professor do IFPA

Pessoas próximas à família de Thaís Rodrigues afirmam que ela vai se entregar para Polícia Civil, estaria apenas terminando de definir qual advogado irá apresentá-la à autoridade policial. A denúncia deverá ser feita pelos números ligue para (94) 3312 3350 (Disque-Denúncia) ou (94) 98198 3350. Você terá anonimato garantido.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.