O rio Tocantins, na divisa dos estados do Tocantins e Maranhão, nos municípios de São Miguel no Bico do Papagaio e Imperatriz-MA, se mantém estável nesta quarta-feira, 22. De acordo com o monitoramento diário da Superintendência Municipal de Proteção e Defesa Civil, o nível de água encontra-se a -2.28 m³ abaixo de zero. Órgão informa ainda que não há previsão de cheia para as próximas 72 horas, e na próxima semana poderá haver oscilações.

“A situação no momento é de estabilidade, sem previsão de cheia ou perigo de subir repentinamente. O estado de atenção é voltado para o monitoramento do rio, que acontece duas vezes ao dia”, explica o superintendente Municipal da Defesa Civil, Josiano Galvão.

De acordo com informações do Operador Nacional do Sistema Elétrico, ONS, as condicionantes estabelecidas nas resoluções da Agência Nacional das Águas, ANA, n°376/2011 e n° 529/2004, na Temporada de Praias instituída foi de 10/06/2018 a 20/08/2018, e, portanto, foi mantida uma vazão mínima na UHE Serra da Mesa, no valor de 300 m³/s. Diante disso, a partir desta quinta-feira, 23, encontra-se programado um aumento nas vazões defluentes da UHE Serra da Mesa para o valor de 600 m³/s, fator que acarretará um uso adicional de 6% de seu volume útil até o final de novembro de 2018.

Segundo o monitoramento da Defesa Civil, as previsões são de 950,24 m³/s, para 24h;  935,92  m³/s,  para 48h e 931,01  m³/s,  para 72h. O órgão acompanha a elevação das águas do rio Tocantins diariamente, mediante informações do boletim de vazões da Usina Hidrelétrica de Estreito, que consiste em previsões de dados de valores defluentes com até três dias de antecedência.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.