O pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins em sessão na tarde desta terça-feira (28/8) decidiu, por unanimidade, nos termos do voto do relator, juiz membro Rubem Ribeiro de Carvalho, declarar regular o Demonstrativo de Regularidade de Atos Partidários (DRAP), apresentados pelo Partido Social Liberal (PSL), deferindo sua habilitação para concorrer nas Eleições Gerais 2018, para os cargos de governador e vice-governador, senador, 1º e 2º suplentes do Tocantins.

O DRAP da Coligação a Verdadeira Mudança (40 – PSB / 15 – MDB / 22 – PR / 19 – PODE-Podemos / 20 – PSC Partido Social Cristão / 45 – PSDB), também foi declarado regular pelo relator do processo, juiz membro Rubem Ribeiro de Carvalho. O voto foi acompanhado por unanimidade pelos membros da Corte habilitando a Coligação para concorrer nas Eleições gerais de 2018, para os cargos de Governador, vice-governador, senador, 1º e 2º suplente.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.