A Brigada de Incêndio de Tocantinópolis participou, durante os dias 31 de julho e 1º e 2 de agosto, de mais um treinamento em conjunto com Corpo de Bombeiros, da cidade de Araguaína. O curso contou ainda com a participação das Brigadas Municipais das cidades de Nazaré e Maurilândia, além da equipe do PrevFogo/Ibama. A capacitação teve também o apoio irrestrito da Tobasa Bioindustrial.

Com aulas práticas e teóricas, a qualificação foi ministrada e supervisionada pelo Sargento CBMTO, Antônio Marcos de Sousa. A ação foi realizada pela Prefeitura de Tocantinópolis, por meio da Secretaria Municipal de Administração, Finanças e Meio Ambiente.

De acordo com o coordenador da Brigada Municipal de Tocantinópolis, Emivaldo Aguiar, o objetivo do curso foi capacitar e treinar os brigadistas, visando instrui-los em como se portar e quais ações devem ser adotadas em cada tipo de situação de risco, além de prepará-los para atuarem na prevenção e no combate ao princípio de incêndio, abandono de área, primeiros socorros e outros.

Na capacitação, foram repassados conhecimentos teóricos e atividades práticas, e, por fim, um simulado geral na área indígena, para aplicação dos conteúdos vistos durante os três dias de treinamento. Os profissionais do Corpo de Bombeiros, além de explicar as medidas a serem adotadas, tiraram dúvidas e deixaram, orientações importantes sobre a atuação e conduta segura em caso de emergências.

O Sargento Sousa, avaliou o curso como positivo e destacou que Tocantinópolis, assim como a região que compõem a área de abrangência dos municípios de Nazaré e Maurilândia possui uma equipe qualificada e apta a realizar os trabalhos de combate e prevenção a incêndios.

“O curso que objetivou a aprendizagem e reciclagem de conhecimentos técnicos em relação à prevenção e combate a incêndios, abordou também sobre a operação com Carro de Combate a Incêndio (CCI), uso de Equipamentos de Proteção Respiratória (EPR) pelos profissionais, além de primeiros socorros e integração entre as equipes. Com a promoção de mais este curso, nossos brigadistas desenvolverão suas atividades com mais obstinação e a região certamente estará mais protegida quando houver a necessidade de atuação contra incêndios”, pontou Sousa. (Dirceu Leno)

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.