gmpDois homens foram presos na manhã deste domingo (14) em Araguaína, no norte do Tocantins. Segundo a Polícia Militar, a dupla estava armada com duas espingardas calibre 20 e 24. Com eles, os policiais encontraram um veado, duas pacas e dois tatus, todos abatidos sem licença, o que configura crime ambiental. Como os homens também não apresentaram a licença para utilizar as armas, eles ainda devem responder por porte ilegal de armas.

De acordo com a PM, a dupla foi encontrada em uma estrada vicinal a 3 km do povoado Caracol, depois de uma denúncia anônima. Os dois homens, que não tiveram os nomes divulgados, foram levados para a Delegacia de Polícia Civil do município, onde foram autuados.

Conforme a Lei nº 9.605, quem “matar, perseguir, caçar, apanhar, utilizar espécimes da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória, sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente, ou em desacordo com a obtida”, pode pegar uma pena de seis meses a um ano de detenção, além de multa. (G1 TO).

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.