Júlio César Alves de Souza

Um mototaxista, identificado como Júlio César Alves de Souza, de 30 anos foi encontrado decapitado na madrugada deste domingo (2), na rua Castelo Branco, em Altamira, sudoeste paraense. O corpo dele estava preso a uma árvore, e a cabeça estava dentro de uma casa. A principal suspeita é que o crime tenha sido motivado por ciúmes.

O crime teria sido cometido por Antônio Teixeira Júnior, de 38 anos, que também é mototaxista. A cabeça da vítima foi arrancada com golpes de facão. Antônio, que está foragido, teria assassinado o colega de profissão por ciúmes da esposa.

De acordo com informações do portal Xingu 230, a polícia militar foi acionada para atender uma ocorrência de briga doméstica no local, mas ao chegar, se deparou com a cena.

O corpo de Júlio Cezar será velado na Capela Mortuária, na avenida Djalma Dutra, em Altamira. (Diário Online/ com informações do portal Xingu 230)

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.