A Polícia Civil do Tocantins, através da Delegacia Seccional de Augustinópolis, na tarde desta quarta-feira, 5, deu cumprimento a mandados de prisão preventiva expedidos em desfavor de Jurive Alves Ferreira e Wagner de Sousa Cruz, apontados como principais suspeitos do roubo a uma carga de medicamentos, ocorrido no dia 09 de agosto de 2018, na cidade de Augustinópolis, na rodovia estadual que dá acesso a cidade de Araguatins.

Segundo as investigações, pendia contra o suspeito Wagner mandado de prisão preventiva expedido pela comarca de Dom Elizeu-PA pelas práticas de roubo majorado e sequestro. Pelos crimes cometidos no Pará, Wagner já se encontrava recluso na cadeia de Augustinópolis desde a semana passada, ocasião em que fora preso pela PM, após informações repassadas pela Polícia Civil.

Conforme a autoridade policial que presidiu as investigações, foi possível identificar o carro que os suspeitos utilizaram na empreitada criminosa e, com as diligências investigativas intensificadas, chegou-se aos dois autores do roubo.

Uma vez representada pela prisão preventiva, esta fora deferida pelo Poder Judiciário local e a polícia civil conseguiu dar cumprimento a ambos os mandados prisionais.

Há de salientar que o suspeito Jurive foi preso na cidade de Ribamar Fiquene-MA, onde estava na posse do veículo utilizado no crime e de vários objetos possivelmente de procedência ilícita.

Ainda, de acordo com a Polícia Civil, ambos os suspeitos são integrantes de uma associação criminosa especializada em roubo a carga e são apontados também como autores de outro evento criminoso idêntico ocorrido na cidade de São Bento do Tocantins, no mês de fevereiro deste ano, sendo WAGNER apontado como um dos líderes da quadrilha.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.