A candidata ao governo do Tocantins pelo PSOL, Bernadete Aparecida, esteve na manhã desta quarta-feira, 19, em um debate realizado pelo Colégio Marista, em Palmas. No Encontro com a Juventude, estavam presentes alunos do  9º ano do ensino fundamental, 1º, 2º e 3º anos do ensino Médio, além de colaboradores Maristas.

“A nossa presença no encontro foi muito importante, pois tivemos a oportunidade de apresentar as nossas propostas para o corpo discente, os professores e colaboradores do colégio Marista”, destacou a candidata do PSOL.

Ao ser questionada sobre o desenvolvimento regional, Bernadete Aparecida disse que “nós iremos buscar mecanismos para transferir os trabalhadores comissionados  do funcionalismo público para iniciativa privada, buscando empresas que possam se instalar no estado, diminuição dos impostos, mas, apostando principalmente na economia solidária, investimentos em turismo, gerando assim novas receitas para o Estado, pois no Tocantins, nenhum caju, buriti e pequi serão desperdiçados, tudo vai gerar renda e receita para as famílias e para o estado” destacou a candidata.

Ao falar sobre a educação, a candidata disse que o combate às exclusões e as minorias irão sim ter prioridade no Governo. “Minha vida inteira tive minha educação formada pelo ensino público, uma época em que a educação no Brasil formava cidadãos e cidadãs de bem, e vamos dar prioridade ao ensino público, gratuito, crítico e de qualidade. Iremos respeitar o pacto firmado com o MPE (Ministério Público Estadual) e MPC (Ministério Público de Contas), vamos colocar em prática tudo que a lei exige, isso sem desrespeitar a diversidade” reforçou Bernadete Aparecida.

Houve outras perguntas direcionadas à candidata, referentes à área da agricultura e ao desenvolvimento econômico do Estado, sobre as quais a candidata expôs: “daremos prioridade à agropecuária familiar, ao modelo de agricultura baseado na agrofloresta, na agroecologia e no desenvolvimento com justiça socioambiental e faremos todas as reformas e investimentos necessários para isto”.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.