A Câmara Municipal rejeitou as contas do ex-prefeito de Esperantina, Albino Cardoso Sousa, o Professor Bina, referente aos anos de 2013 e 2014. A decisão foi tomada nesta quarta-feira, 12. Com isso, ele ficou inelegível por oito anos.

A decisão acompanha relatório do Tribunal de Contas do Estado (TCE), que havia recomendado a rejeição das contas.

Sete dos nove parlamentares, votaram pela rejeição das contas. Dois se abstiveram.

O presidente da Câmara Municipal, José Cássio dos Santos Costa, disse em entrevista ao webjornal Folha do Bico, logo no final da sessão, que agora vai elaborar um relatório e oferecer denúncia junto ao Ministério Público e a Polícia Federal.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.