O empresário Pretinho do Supermercado atualmente filiado ao Partido da República (PR) e antecipadamente pré-candidato a prefeito, tem buscado seus companheiros para conversar sobre uma possivel troca de partido. Filiado no PR pelas mãos do ex-prefeito Bolecho ainda movidos pela intervenção da direção regional do PMDB no diretório municipal legalmente constituido, ambos optaram pela troca de partido para confrontarem o prefeito Rocha Miranda, fato que não deu muito certo, pois Rocha Miranda venceu a eleição com margem folgada e ainda a Justiça impugnou todos os votos de Bolecho por irregularidades cometidas a frente da Prefeitura nos anos em que governou Araguatins.

Pretinho tem o projeto de ser candidato a prefeito, mas para isso, ele já sabe que necessita possuir um partido nas suas maõs, no qual ele seja o principal lider. Ele tem argumentado com seus aliados que atualmente o PR está muito congestionado com lideranças mais influentes politicamente que ele, como é o caso de Bolecho, Ronald Correa e o próprio Nemésio Parente, que havia se comprometido não sair candidato a prefeito em 2012, mas já tem demonstrado indicios que irá tentar desfazer o acordo.

A idéia de Pretinho é colocar as mãos do PSDB que atualmente é presidido por Dona Iris. Os motivos de escolher o PSDB são basicamente quatro: 1 – É o partido do governador Siqueira Campo; 2 – Ele considera que a atual direção da legenda em Araguatins teve um desempenho abaixo do esperado, portanto estaria enfraquecidos; 3 – Dona Iris apoiou um candidato a deputado federal do DEM contrariando a orientação nacional e estadual do partido; 4 – Pretinho apoiou Eduardo Gomes, deputado federal mais votado da coligação e grande lider tucano no Brasil.

Na mudança partidária Pretinho tem falado a interlocutores bem próximos que pretende conversar com Tolentino, Antônio Evangelista, Dr. João Antunes, Jailson, Wendel e mais alguns suplentes de vereador para apresentar a idéia e propor um alinhamento no mesmo sentido para se prepararem para futuras tentativas de resurgimento dos ex’s-prefeitos Bolecho e Ronald Correa, além de uma possivel traição politica do vereador e candidato derrotado Nemésio Parente.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.