Um debate televisivo na noite desta segunda-feira, 18, entre os candidatos ao governo do Pará terminou em confusão e empurra-empurra entre membros das campanhas de Simão Jatene (PSDB) e da governadora Ana Júlia Carepa (PT).

O debate, marcado por acusações de ambos os lados, foi promovido pela afiliada da TV Record, num centro de eventos de Belém.

Após seu final, Ana Júlia começou a dar entrevistas, ainda no estúdio. Um cinegrafista da campanha de Jatene resolveu filmá-la.

Segundo a assessoria de Ana Júlia, esse cinegrafista invadiu um “biombo a que somente a equipe da petista deveria ter acesso”, gerando uma resposta do marqueteiro da petista, Edson Barbosa.

Em nota, a assessoria disse que ele apenas pediu para que a filmagem parasse.

Mas Orly Bezerra, marqueteiro de Jatene, deu uma versão diferente. Afirmou que Barbosa deu um tapa na câmera do cinegrafista, o qual estava num local permitido.

Barbosa e Bezerra então passaram a discutir. A confusão só terminou quando eles foram apartados.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.