Milhares de pessoas estiveram presentes na grande festa popular realizada na avenida principal do bairro da Cidade Nova, a Arterial 18, para receber Lula, Dilma e Ana Júlia, dando a partida para a grande onda vermelha que está tomando conta do Pará e vai levar Ana e Dilma á vitória no segundo turno.

Prefeitos e deputados de diversos partidos que apoiaram a coligação liderada por Ana e Anivaldo Vale, e até de partidos que apoiaram outros candidatos, como o DEM e o PMDB, num grande momento de emoção e organização das fileiras populares rumo á vitória no segundo turno.

Cláudio Barroso, prefeito de Pirabas, Elias Santiago, prefeito de Concórdia; Joaquim, de Dom Eliseu; Sei Ohase, de Santarém Novo; Darci Lermen, de Parauapebas; Chiquinho, de Anapu; Maria do Carmo, de Santarém; Maurino Magalhães, de Marabá; Wanderson Chamon de Curionópolis, além de deputados federais eleitos, como Lúcio vale, Cláudio puty, Zé Geraldo, Miriquinho, Beto Faro, Paulo Rocha, Gérson Peres e deputados estaduais como Gabriel Guerreiro, Pio X, Eliel Faustino, Cássio Andrade, Alfredo Costa, Raimundo Santos.

Lideranças nacionais do PT e de outros partidos acompanharam o evento, como o deputado federal Eduardo Cardozo; Wellington Dias, ex-governador do Piauí;, a ministra do meio ambiente; Guilherme cassel, ministro do Desenvolvimento Agrário; Luiz Dulci, ministro da Secretaria Geral da Presidência; Jacques Wagner, governador reeleito da Bahia; Magno Malta, senador reeleito do Espírito Santo e Walter Pinheiro, senador eleito pela Bahia.

O pastor Samuel Câmara e o músico Chimbinha da banda Calypso, também vieram abraçar Ana Júlia e Dilma. Compositor do novo jingle de Ana Júlia, Chimbinha declarou seu voto em favor da candidata da frente Acelera Pará: “eu estou com Ana Júlia porque ela tem sua preocupáção com o meio ambiente, e estamos nesse apoio e se deus quiser, e ele vai querer, vamos ganhar. Dia 31 é 13!”

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.