Sem título

Uma adolescente de 16 anos, estudante da Escola Estadual Santa Genoveva, em Augustinópolis, foi flagrada na manhã desta quarta-feira, 8, pela Polícia Militar portando uma faca de mesa, um vidro de anestésico Xylestesin, uma seringa descartável e duas agulhas, nas dependências do estabelecimento de ensino.

A diretora havia descoberto que a aluna e outra adolescente haviam marcado uma briga nas imediações do colégio e resolveu avisar a Polícia Militar e o Conselho Tutelar (CT) para agirem antes que o pior acontecesse.

Após ser flagrada com a arma, a garota disse aos conselheiros e policiais que a faca seria para se defender das ameaças da outra adolescente, já o anestésico e as agulhas seriam usados para eliminar a dor durante a colocação de um piercing em seu corpo.

Após apreender o material, a PM e o CT deslocaram-se à residência da outra adolescente e lá encontraram a avó dela, que é sua responsável, para quem repassaram as informações acerca do ocorrido. O Conselho Tutelar tomará as providências cabíveis ao caso. (Patrulha na Net)

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.