O desembargador Ronaldo Eurípedes determinou a suspensão da veiculação de propaganda de carros de som da coligação “A Mudança que a Gente Vê”, do governador Sandoval Cardoso, que estaria divulgando “notícias inverídicas e falaciosas” a respeito da pesquisa Ibope contratada pela TV Anhanguera. Em representação, a coligação “A Experiência Faz a Mudança” alega que os governistas estariam reproduzindo áudio de matéria sobre pesquisa fraudada na Paraíba, conduzindo o eleitor a entender que a irregularidade foi no Tocantins. O magistrado fixou multa de R$ 12 mil em caso de descumprimento.

Ao analisar as provas enviadas pela coligação “A Experiência Faz a Mudança”, Ronaldo Eurípedes diz na decisão que “é possível vislumbrar a existência” da veiculação da informação com “conteúdo que não espelha a situação fática encontrada no Tocantins”. Assim, o desembargador admite a “probabilidade de ilicitude na propaganda”.

O advogado da coligação “A Experiência Faz a Mudança”, Solano Donato, disse que o caso é “absurdo”. “Eles [A Mudança que a Gente Vê] tentaram fraudar [a pesquisa]. Não teve flagrante nenhum”. (Com informações do Portal CT)

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.