Em uma das eleições mais acirradas do país, o Maranhão foi o estado que mais contribuiu proporcionalmente para a reeleição da presidente Dilma Rousseff. Com 99,95% das urnas apuradas, 78,76% dos votos válidos foram dados para a representante do Partido dos Trabalhadores (PT).

O desempenho petista foi bem parecido ao registrado na primeira eleição de Rousseff, em 2010, quando a petista obteve 79,09% dos votos válidos no estado, contra 20,91% de José Serra, então representante do PSDB.

Dentre os municípios maranhenses, a maior votação proporcional alcançada pela candidata aconteceu em Belágua, localizado na região leste do estado. Com 7.191 habitantes, de acordo com estimativas do IBGE, 93,93% dos votos válidos (3.558 votos) foram dados a Dilma Roussef. Aécio Neves (PSDB) obteve apenas 6,07% (230 votos). A abstenção na cidade ficou em 23,79%.

Na capital, São Luís, maior colégio eleitoral do estado, 70,41% (362.073) dos votos válidos foram obtidos pela representante do PT, enquanto que o Neves ficou com 29,59% (152.197). A abstenção em São Luís ficou em 12,76%; os votos em branco 1,06% e os nulos, 2,68%.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.