Luís Olinto Rotoli Garcia de Oliveira, irmão do deputado estadual Olyntho Neto (PSDB), foi detido pela na tarde desta segunda-feira (1º) com uma mala de dinheiro. A Polícia Federal (PF) informou que havia R$ 500 mil em dinheiro dentro da mala.

Em nota, a assessoria do deputado disse que o irmão dele é advogado e exerce atividades independentes da campanha de Olyntho Neto.

A prisão foi realizada pela Polícia Civil. O delegado Bruno Boaventura informou que uma equipe da cidade recebeu denúncia de extorsão e por isso foi ao banco. Quanto tentaram abordar as supostas vítimas, os homens fugiram. Houve uma perseguição por cerca de três quarteirões até que os policiais conseguiram parar o carro.

Dentro estavam Luís Olinto e o sargento da Polícia Militar Edilson Ferreira. Quando os policiais civis perguntaram para que era o dinheiro, Luís Olinto disse que usaria na compra de gado, mas não soube informar quem seria o vendedor.

A Polícia Civil percebeu indícios de um crime eleitoral e por isso encaminhou o caso para a Polícia Federal. Eles foram ouvidos pelo delegado Tarcísio Júnior na sede da PF e depois liberados para responder em liberdade. O conteúdo do depoimento deles não foi divulgado.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.