Os suspeitos de matarem o médico augustinopolino, Gabriel Costa Lima, foram capturados na tarde desta quarta-feira, 31, por policiais da Delegacia de Alto Paraíso-GO, por meio da Operação Excutiat.

Gabriel foi morto na região da Chapada dos Veadeiros, no estado de Goiás, quando conhecia os pontos turísticos no feriado do dia 12 de outubro. O médico foi assassinado com indícios de execução, tendo sido encontrada na estrada vicinal de uma conhecida cachoeira deste município, após uma festa que ocorrera no local.

Os trabalhos investigativos da Polícia Civil continuam. Os nomes dos dois acusados até o momento da publicação desta notícia, não haviam sido divulgados.

Médico que foi morto

Responsável pelas investigações, a delegada Maria Isabel Pires Ramalho não deu detalhes sobre a detenção de ambos, mas afirmou que há indícios de que eles tenham estado no local do crime em um horário próximo ao do óbito da vítima, “além de outros elementos” que evidenciam o envolvimento.

a delegada afirmou ainda que considera as prisões “importantes para que o caso seja concluído”. De acordo ela, a apuração não foi encerrada e diligências ainda serão realizadas a fim de localizar mais envolvidos.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.