A Escola Estadual de Buriti, na cidade de Buriti do Tocantins recebeu na semana passada, um grupo de estagiários do projeto de extensão: “Identidade e Cultura Surda”, elaborado pelo Núcleo de Atendimento às Pessoas com Necessidades Específicas (Napne), do Campus Araguatins. Os participantes da iniciativa extensiva passarão por três estágios, dois na área da docência e um na área da tradução.

Os estagiários estiveram em salas das turmas do 6ª do ensino fundamental ao 3ª ano do ensino médio daquela escola, e durante 50 minutos em cada sala, atuarão como professores de libras.

De acordo com coordenador do projeto, William Jhone Ferreira, a experiência do estágio é importante, pois além de aproximar os extensionista da prática escola no que se refere a vivência com a pessoa surda, promoveu inclusão.

Projeto de extensão

Por meio do projeto de extensão: “Identidade e Cultura Surda, o Campus Araguatins, do Instituto Federal do Tocantins (IFTO), oferece um curso gratuito de Língua Brasileira de Sinais (Libras) para seus servidores, alunos e comunidade em geral. O curso é modular, com carga horária de 360 h. (Kelinne Guimarães)

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.