O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), 50, foi reeleito já em primeiro turno neste domingo (7) para mais quatro anos de mandato. Dino derrotou a ex-governadora Roseana Sarney (MDB), com quem polarizou durante a campanha.

Com a vitória deste domingo, Dino impõe a derrota de 2010 para a mesma Roseana, que naquele ano conseguira a reeleição ao governo do Estado ainda em primeiro turno.

Dino venceu com 59% dos votos válidos e Roseana, pouco mais de 30%.

Advogado, Dino já exerceu o cargo de juiz federal antes de deixar a toga para entrar na política, em 2006, quando se candidatou e foi eleito deputado federal. Ele foi presidente da Embratur no primeiro governo Dilma Rousseff. Em 2014 se candidatou ao governo e se elegeu também em primeiro turno.

Governadora por quatro vezes, Roseana amarga sua segunda derrota na disputa pelo governo maranhense. Em 2006, ela foi derrotado por Jackson Lago, que acabou cassado em 2009 e abriu caminho então para a volta ao poder de Roseana –segunda colocada na disputa daquele ano– por vias judiciais.

Para chegar novamente ao governo, Dino construiu um grande arco de alianças do PCdoB com mais 15 partidos: PRB, PDT, PPS, DEM, PSB, PR, PP, PROS, PT, PTB, Patri, PTC, Solidariedade, PPL e Avante.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.